Curso de neuroempreendedorismo

Professor e consultor Walter Cézar Nunes conduzirá as aulas, dias 6, 7 e 8 de maio, na Escola de Negócios Excellence (ENE), no bairro Angelim

Curso inovador e gratuito na área de neuroempreendedorismo será ministrado em São Luís, nos dias 6, 7 e 8 de maio, na Escola de Negócios Excellence (ENE), no Angelim. Voltado para a capacitação de professores, será conduzido por Walter Cézar Nunes, docente na Universidade Federal do Maranhão. Trata-se de proposta de metodologia para o ensino de empreendedorismo com princípios de neurociência aplicados à identificação e exploração de oportunidades de negócios inovadores.

O curso é embasado em pesquisa de autoria do próprio professor, que também é palestrante motivacional, especialista em seminários de comportamento empreendedor e em treinamento comportamental de alto impacto com técnicas de hipnose clínica. De acordo com ele, as mais altas taxas de empreendedorismo têm ocorrido entre as nações onde o desenvolvimento econômico e o Índice de Desenvolvimento Humano são mais baixos.

“Dessa constatação, depreende-se que um alto dinamismo empreendedor pode ser devido às restritas opções de trabalho e renda, levando grande parcela da população, de 18 a 64 anos, a abrir o próprio negócio para atender às necessidades básicas e não por vislumbrar uma oportunidade de negócio inovador. São classificados como empreendedores por necessidade, e não empreendedores por oportunidade”, disse Walter Nunes, também mestre em Comércio Exterior e Relações Internacionais pela Universidade Federal de Pernambuco, graduado em Administração pela PUC do Distrito Federal e pós-graduado em Finanças pela Fundação Getúlio Vargas do Rio de Janeiro,

Nordeste - No nordeste brasileiro, 62% dos empreendedores auferem uma renda média abaixo de U$ 600,00 por mês, apenas 4,8% tem curso superior completo e 45,2% não completaram o primeiro grau. Quanto à questão da inovação, é possível constatar que a quase totalidade dos empreendimentos iniciais brasileiros apresenta baixíssimo potencial inovador. Em 98,8% dos casos, o produto não é novo para ninguém. Em 99,5%, a tecnologia existe há mais de cinco anos e em 98,6% os consumidores estão apenas no Brasil.

Conforme o professor, o subdesenvolvimento é fruto das debilidades institucionais que resultam em uma falta de empreendedores explorando oportunidades geradoras de lucros. “No mundo acadêmico, já existe bem claro a concepção de que o desenvolvimento é feito por meio de inovações e que tais inovações são realizadas por empreendedores”.

Segundo Ricardo Carreira, diretor da ENE, Walter Nunes propõe uma educação empreendedora efetiva, alcançando os jovens, população de risco, microempresários e comunidade em geral, com foco no desenvolvimento por meio do empreendedorismo por oportunidades e inovação.

“O professor Walter é altamente gabaritado, pois é também consultor e orientador do Sebrae para a metodologia de Harvard na elaboração e aplicação de estudos de casos de sucesso no ambiente acadêmico e tutor internacional Brasil/Portugal, além de autor de alguns livros”, destacou carreira, referindo-se às obras “Fórmula da Riqueza”, “Manual do Empregado que quer ser Patrão”, “As Dez Características de um Global Manager” e “Administração de Materiais e Recursos Patrimoniais”.

RESPONSABILIDADE SOCIAL

A Faculdade de Negócios Excellence apresenta o Projeto DOAR, um evento executado anualmente com ajuda de doações pelos alunos e empresas parceiras.

Confira Projeto

SIGA-NOS

  

CONTATOS

Para obter informações gerais por favor entre em contato:
  Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
  São Luis: +55 98 2109 8000
  Imperatriz: +55 99 3524 6927
  Parauapebas: +55 99 3524 6927